Sábado, 5 de Janeiro de 2008

Essa gente que trabalha!


Tão ruim o fato de não haverem empregos é o preconceito
contra os empregos de nível médio ou inferior.
Como não aguento assistir a tv aberta brasileira, assino a
NET inclusive por causa da
 banda-larga.
A tv norte-americana é tão ruim quanto a nossa (pois se em
tudo os copiamos, mormente
 o que há de ruim) mas em todas as séries e filmes noto o
respeito que se tem a esses
profissionais acima mencionados.
Qualquer emprego é digno!
Um amigo italiano me contou que usualmente encontra seu
 porteiro na ópera.
Nos filmes as pessoas têm profissões como garçonetes,
 trabalham em "fast-foods", fazem entregas.
E têm um nível de renda que lhes pernite acesso aos bens
de consumo (até exageradamente em minha opinião).
Sempre me perguntei porque um agricultor tem que ter a
 mais baixa faixa salarial do país?
Executam uma função indispensável.
Se os advogados ou políticos pararem dias, não haverá
 muito problema (minha opinião).
Ao menos não tanto quanto uma parada dos camponeses,
agricultores.
Os lixeiros já perceberam isso.
Duas greves bastaram.
O pior é que em funções ou profissões onde o trabalho
só se mostra a médio ou longo prazo,nem adianta a
greve.Caso dos professores.
Um lixeiro ganha o DOBRO do que percebe um professor
do Estado e mais do que um  do Município aqui do Rio
de Janeiro.
Não digo que ganham muito e sim que recebem um salário de certa dignidade.
Já a classe do magistério...
E greve deles não afeta a ninguém.
Quanto menos educação e cultura, melhor para os ladrava....
quer dizer, pol´políticos da nação!
Há mais de vinte anos fiz uma múica, um samba, para minha
faxineira e meu porteiro à época.
Minha faxineira,a Ana Lúcia Pontes, ainda está comigo e é uma pessoa
brilhante!
Um caráter sem jaça, uma alegria e um alto-astral irretocáveis.
Enche de alegria, de luz as casas onde trabalha.
Um coração de ouro, doou um rim a seu irmão!
Está bem, é minha colega de Hospital do Fundão
 (sou transplantado de fígado).
Meu ex-porteiro José trabalha aqui perto e vai muito bem.
Ambos prosperaram na vida e têm conforto, mas mais que
isso, têm dignidade!
Como a maioria de nosso povo, cansado de ser espoliado,
 vilipendiado, roubado.
A música começa com a frase "Essa gente que trabalha..."
e é uma humilde homenagens àqueles que realmente constroem o
 país!
Minha parceira da época (Vera Mello) , letrista transformou em
à uma ode á  cidade do Rio de Janeiro e a todo povo trabalhador.
A música se chama "Musa escravizada do Brasil" e um dia a
colocarei  no meu sítio.(www.ralvim.com)
A nós, os humildes trabalhadores, muita paz, saúde e alegria,
 lembrando que
só conquiostaremos isso com LUTA!
Muita LUTA!
estado de espírito: Em paz...
música correlata: Musa escravisada do Brasil
publicado por renatoalvim às 17:45
link do post | comentar | favorito

.Algumas informações sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.artigos recentes

. Essa gente que trabalha!

.arquivos

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds