Domingo, 3 de Fevereiro de 2008

Como aprendi a tocar

            Ganhamos - eu e meu irmão gêmeo- um único violão para ambos.
Éramos tímidos (bocós seria melhor) e tínhamos vergonha de tudo e foi assim timidamente que tivemos a primeira e última aula com um professor, o Romero. Ele sumiu (nunca precisei analisar isso nas diversas terapias) e ficamos com as duas clássica "posições"(Freud?) : Primeira de Do e Segunda de Do (C e G7), como eram conhecidos os acordes di grau I (Tônica) e o grau V7 (Sétima da Dominante). Sem ninguém ajudando, tivemos de nos virar.Compramos um método (do Canhoto ou do paragassu) e rapidinho meu irmão percebeu o óbvio : que o viloão é um instrumento Kodally. Frequentamos por três meses o Conservatório da Tijuca, com a professora Mirinha. Assim em três meses tocávamos em todas as tonalidades os acordes "quadrados" da época. Mas eu queria mesmo é tocar Bosa Nova e Jazz (e ele também claro). Aí descobrimos como "desquadradar" os acordes : inclusão das sétimas, nonas e dissonâncias em geral). Um ano depois meu querido tio Hélcio França Alvim foi nos visitar e talvez brincando falo : "vocês já estão tocando ? Toque algo para nós". Solei "Stella by Starlight (claro, não como hoje) e ele ficou muito impressionando. Levou-me para acompanhá-lo nos botequins da vida (sou grato até hoje a ele por isso e À minha querida tia - já falecida - Helly Maria França Alvim). Como nós não cantávamos (timidez, lembrem-se) fui obrigado a tentar solar. Ms não a melodia e sim tudo junto e ao mesmo tempo (o que chamo de solo e que hoje falam "chord-melody"). Assim, em pouqíussimo tempo estava eu acompanhando em qualquer tonalidade e ainda solando nos interlúdios o tema. Graças a meus tios ouvimos Luis Bonfá e Barney Kessel (aquele das nonas que todo mundo da época ouviu). A partir daí, Paulinhj Nogueira e por fim Hélio Delmiro. Tirando tudo de vinis, voltando manualmente a agulha. Aos dezesseis anos entrei para o "Sambatuque", um conjunto de Jazz e Bossa, constituído por Ivan Conti (Mamão), Chiquinho e Serginho "Cabeçada" e Luis Darbilly. E assim trabalhamos profissionalmente por dois anos, até o vestibular. Nessa fase quase larguei a música pois era o auge da "Jovem Guarda" e isso nunca teve nada a ver conosco, eu e o mano. Entrei para a faculdade e fiz Matemática. Como resultado, quinze anos de magistério em universidades. Aos dezesseis estudei com Oswaldo Soares por um ano. Não lia uma nota, não sabia uma cifra mas tocava tudo que queria "de ouvido". Aos trinta e um anos estudei dois anos com o querido Jodacil Damaceno, onde aprendi a ler muito mal - por minha culpa e do ouvido, claro, não dele. Logo depois conheci o genial Victor Assis Brasil, pois era amigo de seu irmão Paulo. Tive com ele duas aulas apenas pois ele faleceu na semana seguinte À segunda aula. Essas duas aulas me abriram tremendamente a cabeça. Fiquei meio perdido até que achei a querida Célia Vaz, com quem aprendi muito. Conheci o curso do Ian Guest, grande mestre de muita gente e fiz os cursos de Harmonia , Arranjo e Percepção. Devo muito a ele! Assumi definitivamente a Música, larguei o magistério de Matemática e já sabendo o que era necessário a meu ver para dar aulas, acabei sendo professor de Harmonia e Violão no CIGAM, por sugestão de meu amigo Luiz de Oliveira (Kéké) e depois do próprio Ian. Claro, diante do que passei posso afirmar que é muito bom saber o que se está fazendo!!!! Meu irmão acabou fazendo os cursos do Ian. Devo muito também ao Ian Guest! E a Sergio NacifEstudamos com meeu primo Nelson Faria logo depois que ele voltou do GIT e estudo tudo o que posso até hoje. Nelson foi muito importante para que eu assumisse definitivamente a Música como carreira!Obrigado, primo!
Fraseologia (Antonio Guerreiro-um mestre e erudito) , um pouco de Harmonia Tradicional (Antonio Peixoto) outros grandes mestres. Iso tudo tocando Bossa Nova, Samba, Jazz, música instrumental em geral. Acompanhei muita gente (como até hoje). Com grande prazer.
 ============================================
estado de espírito: Nostálgico
música correlata: Meditação
publicado por renatoalvim às 12:45
link do post | comentar | favorito

.Algumas informações sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.artigos recentes

. TVer or not TV ???

. Vinte anos "blues" ...

. Nós, os brasileiros, somo...

. Futebol, fair-play e cará...

. Piano para canhotos?

. A vitória da mesmice-comp...

. Músicas Brasileiras em PD...

. O amor é lindo???

. "O mestre-sala doa mares"...

. Manhã de Carnaval - Arran...

.arquivos

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds